Minimalismo – começando pelo e-mail

Depois de anos consumindo cosméticos e livros, era de se imaginar que a minha caixa de entrada do e-mail pessoal fosse 95% marketing. De fato, dá uma olhada em como ela é hoje:

Capturar 3

Recebo essa quantidade de e-mails diariamente, e é a primeira coisa que eu vejo no meu celular quando acordo. A verdade é: eu AMO conhecer as novidades e promoções, mas o efeito de cada uma dessas mensagens em mim é um gatilho. Às vezes me pego comprando um décimo batom vermelho ferrari, só porque em algum e-mail eu vi que ele estava com 50% de desconto.  E gente, me fala quem não quer ganhar cosméticos naturais no dia de proteção a floresta??? Ofertas a partir de R$9,90, você disse? ULTIMA OPÇÃO DE UM NEGÓCIO QUE EU NÃO QUERO DISPONÍVEL, NÃO POSSO DEIXAR PARA AMANHÃ!

Ok, não sou alok assim, e felizmente aprendi a resistir a isso antes de levar para o cartão de crédito, mas tem horas que é difícil. De verdade, tem horas que eu tenho que falar alto comigo mesma para não “aproveitar” uma promoção. Funciona. Mas não é disso que estamos falando.

carl-heyerdahl-181868

Dos conselhos da vida que eu li sobre como lidar com e-mails de uma forma minimalista, a primeira foi: desinstale o aplicativo do seu celular pessoal. Foi o que eu fiz, e a ideia é nunca mais saber o que a Amazon tem a me oferecer antes da primeira xícara de café. Prioridades!!

Acontece que em diversos outros momentos eu posso acessar o Gmail via computador ou iPad, e ser bombardeada com o mesmo conteúdo que eu evitei pela manhã. E agora? Agora vem a parte difícil: parar de receber absolutamente tudo isso. É radical, mas se eu quero ser mais consciente, é necessário.

Me informei sobre aplicativos que limpassem a caixa de entrada, cancelando quaisquer inscrições em feeds que eu tenha feito. Resolvi usar o Unroll.me, um serviço gratuito que mostra todas as inscrições ativas, e pede permissão para cancelá-las.

Logo que comecei a usar o serviço, me desinscrevi em uma cacetada de listas. Ainda assim, estou ativa em 108 (que são as que eu mais gosto) e 28 novas – é delas que eu estou me desapegando enquanto escrevo esse post:

Antes:

Capturar 4

Depois:

Capturar 6

Disse adeus aos e-mails de Amazon, Privalia, Glambox… Mantive mesmo as coisas que agregam valor na minha vida, e mais importantemente: são grátis. Exemplos? Quora, Medium, Budismo Kadampa, tudo o que possa ser crescimento pessoal gratuito.

Com um litro de óleo de peroba ao meu lado, te convido muito cara-de-paumente a fazer isso também. Sei que não estou sozinha na minha fraqueza, nem buscando uma conscientização, e acredito que esse seja um pequeno passo nessa direção. O que você acha?

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s